Tem Remédio? Exposição de Dulce Lysyj

De todas a inversões que podemos fazer para contornar um tema ou assunto, de todas as voltas que podemos dar ao percorrer os diferentes caminhos que vão margeando a apreensão histórica sobre algo que realmente nos interessa, a mais visível das traduções é a exposição de arte, porque nela aparecem de imediato: a forma como “seguramos” uma questão, o manejo sensível das cores, a materialidade dos recortes das coisas, o inventário das imagens que povoam o imaginário…

A recepção pelo espectador acrescenta uma nova camada ao dizer hipotético do trabalho de arte contemporânea. Incluímos em nosso glossário todos esses termos e arquivamos outros devires, também necessários à extensão que a arte propicia. Distender discussões abertas numa démarche sempre histórica é um remédio poderoso na difícil deglutição de um antropoceno que agoniza.

Na exposição “Tem Remédio?” a médica e artista visual Dulce Lysyj risca num muro branco um horizonte de sangue. O vídeo “conversa” diretamente com a sintomatologia sempre atual de um mundo em guerra. A fita de Moebius (outra imagem em movimento na exposição) traça o caminho vacilante do mesmo no mesmo. A apreensão contemporânea de uma crítica à modernidade figura em todos os materiais, desde os didáticos da escola e da universidade, passando pelas redes sociais às pautas da doxa comum. O trabalho de arte contemporânea tensiona todos esses territórios: dos discursos globalizantes e geopolíticos ao ritmo avassalador da existência.

A exposição está no Centro Cultural dos Correios do Rio de Janeiro, de 04 de março a 09 de abril de 2022, e nela a artista borra as searas científicas e estéticas interpenetrando-as: as bulas informacionais, a política de medicamentos, a adesão terapêutica do paciente, o medicamento-útero, a experiência da abertura do invólucro-blister, as dimensões biopolíticas da constituição humana (ou pós-humana) onde o biológico e o cultural não mais se opõe mutuamente. É conferir!

ALINE REIS | 22 março 2022

exposição “Tem Remédio?”, Dulce Lysyj 
Local: Centro Cultural Correios RJ (Rua Visconde de Itaboraí, 20 – Centro, Rio de Janeiro – RJ)
Visitação: de 04 de março a 09 de abril de 2022
Horário: terça a sábado, das 12h às 19h
Entrada: gratuita
Classificação: livre
Informações: (21) 2253-1580 /
E-mail: centroculturalrj@correios.com.br